terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença



Os famosos votos de casamento são os votos que todos os pais e mães deveriam fazer com seus filhos. Quando a gente traz para o mundo outro ser, tem um compromisso com ele para toda a vida, tenha sido uma gravidez planejada ou não.

Torcemos para virem com saúde e terem saúde por toda a sua vida. Mas lutamos todos os dias se alguma coisa acontece. Ficamos do lado deles dia e noite, noite e dia. E perguntamos 'por quê não comigo?' para defender nossos filhos de qualquer mal.

Torcemos para terem alegrias todo santo dia, mas precisamos saber que da tristeza não podemos fugir, pois ela faz parte da vida. Mas estaremos juntos ensinando-os a lidarem com ela e com todas as emoções que sentirem. E estaremos juntos também para dividir as alegrias e aprender a multiplicá-las.

Nós, pais, estamos sempre ali, faça chuva ou faça sol, por bem ou por mal, no sim e no não, no inverno e no verão, de dia e de noite, na saúde e na doença, na alegria e na tristeza... E é assim que deveriam ser todos os pais desse mundo.


quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A dupla perfeita!




Todo mundo quer a babá perfeita, a cozinheira perfeita, a faxineira perfeita, a diarista perfeita, a folguista perfeita... E se uma já é difícil, imagine conseguir uma dupla perfeita!! É muita gente em uma casa só! (Eu já falei um pouco sobre este assunto no post "Uma é pouco, duas é demais!").

Além de todas as habilidades e qualidades que elas devem ter, ainda têm que ter um ótimo "relacionamento interpessoal". Sim, o termo até então utilizado pelo departamento de recursos humanos das empresas, agora vale também para as nossas próprias casas!

O que nós esquecemos é que existem emoções presentes nas "relações interpessoais", a exemplo do medo. O medo de que a outra seja melhor, o medo da comparação, o medo de perder o emprego. Assim, inconscientemente, a dupla trava uma batalha em nome da sobrevivência, seja para mostrar que é melhor do que a outra, seja para mostrar que a outra não faz o trabalho direito.

Aqui estão em jogo os diferentes temperamentos e os gênios de cada uma, que muitas vezes só se revelam quando estamos fora de casa. Por isso, não adianta procurar pelas profissionais perfeitas, e sim, pela dupla perfeita. Você tem que achar a melhor combinação: quando uma ajuda a outra, defende a outra e está em harmonia com a outra.

Esqueça os defeitos. Se uma não limpa direito, se a outra chega atrasada, ... esses detalhes não importam! Não cobre demais por resultados. Sua casa não é uma empresa. É muito mais importante manter um bom ambiente, com as crianças bem cuidadas, e administrar as falhas.

E nem sempre é fácil. Até achar a combinação quase perfeita podem ser necessárias algumas tentativas.

domingo, 22 de janeiro de 2012

8 maneiras econômicas de curtir o final de semana com seu filho



Curtir um final de semana com as crianças pode ser bem oneroso, se a gente se deixar levar por tanta programação que há por aí!

Cinema e teatro estão com os ingressos cada vez mais caros. Aí você multiplica pelo pai, mãe, filhos e, em alguns casos, a babá. Em um passeio ao shopping, tem parque que cobra por brinquedo e tem parque que cobra por hora. Aliás, por meia hora! A criança brinca pouco e os pais gastam muito!! Até uma simples ida à pracinha pode esvaziar o seu bolso! Em algumas delas, tem gente que instala brinquedos pagos, como pula-pula, piscina de bolas e os carrinhos motorizados! E ainda tem a pipoca e o palhaço que coloca o chapéu para recolher seus últimos trocadinhos! Nem a praia escapa! É picolé, água de coco, pipa e bolhas de sabão... tudo inflacionado!

Mas a programação pode ser barata se a gente quiser! E muito mais divertida e bacana, pois o que nossas crianças mais querem é a presença dos pais. Nos seus dias de folga, dê folga à babá ou deixe ela cuidando da comida e da faxina e vá brincar!! Se durante toda a semana seus filhos descem pro playground com a babá, aproveite no final de semana para eles descerem com você.

Existem muitos pais que não brincam com seus filhos. As crianças só brincam com as babás. Mas brincar é um momento muito importante para o desenvolvimento das crianças. Então é muito melhor você participar para contribuir pessoalmente para este desenvolvimento!!



Quer algumas dicas??

1. Sente no chão com seu filho e escolha alguns brinquedos, a depender da idade e dos gostos dele! Jogue um jogo bacana com toda a família! Jogo da memória, quebra-cabeça, dominó, damas são os mais clássicos e agradam todo mundo. Tem também jogos mais modernos e que são bem divertidos para brincar em família, como Pula-Pirata, Avalanche, Pizzaria Maluca, Pescaria, Lig 4...









2. Ensine xadrez ao seu filho!!


3. Compre passatempos e faça com ele. A depender da idade, você poderá escolher as revistinhas só de pinturas e desenhos ou as que têm caça-palavras e cruzadinhas. Faça um passeio a pé até a banca de revistas mais próxima para escolher junto com ele.



4. Desça para o playground, leve a bola e brinque de chutar! Leve a bicicleta e incentive ele a pedalar! Se tiver piscina, tome banho com ele (eu tenho pavor de criança que vai pra piscina só com a babá, mesmo sendo mais grandinha...). Ou aproveite o tempo com outras atividades!!

Confira lista com 100 brincadeiras infantis!




5. Visite uma praça bacana e aqui valem as brincadeiras do Play: bola, bicicleta, pipa, corrida, etc. Se tiver pracinha com lagoa e patinhos, é uma boa opção!





6. Faça um passeio a uma feira e escolha com ele frutas e verduras. Nas feiras é possível também encontrar biscoitinhos, artesanato, animais.



7.  Combine para visitar um amiguinho dele. Deixe os dois interagirem e se divertirem!



8. Faça cineminha na sala, à noite! Apague as luzes, escolha um filme legal, faça pipoca e sentem juntos no sofá.



Existem mil maneiras de compartilhar momentos com seu filho. Invente a sua!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

10 conselhos para as grávidas!!

Por mais que se planeje uma gravidez e que se espere até bastante tempo para que ela aconteça, acho que nenhuma mulher sabe o que realmente a espera! A expectativa normalmente é tão grande para que a gravidez aconteça e é algo tão mágico, que demora para a ficha cair! Até porque a barriga leva uns 3 meses para começar a aparecer!


Depois que a ficha cai, é hora de correr atrás para manter-se bem informada sobre tudo que está acontecendo e vai acontecer com seu corpo e seu bebezinho. É hora também de entrar em ação para manter uma gravidez saudável e com tudo em ordem.

Veja 10 conselhos importantes para sua gravidez:



1. Use diariamente creme na barriga.



Não tem pele que resista ao estirão pelo qual vai passar a sua barriga! E de tão esticada que ela será, só muito creme para ajudar a mantê-la hidratada e prevenir estrias. Os cremes não são garantia de que você não terá estrias, porque existem muitos fatores que contribuem inclusive tendência, hereditariedade, etc. Mas não custa nada o esforço. Esqueça o grude, o calor e a roupa colando na barriga com creme!



Leia mais em "Estratégias anti-estrias", do site Bebe.com.br.


2. Compre sutiãs de sustentação.



Certamente seus seios aumentarão de tamanho e peso! Procure em lojas próprias para gestantes os sutiãs de sustentação e, mesmo que ache caros, lembre-se que usará muitas vezes durante o tempo da gestação e pós-parto. Depois você ainda pode guardar para a segunda gravidez ou emprestar a uma amiga.

"Para a sustentação dos seios ser contínua, o ideal é usar o sutiã para gestante de dia e noite. Assim prevenirá dores, displasias e posteriormente flacidez. Alguns modelos possuem abertura frontal, podendo ser usados após a gravidez, durante a amamentação". (Blog da Zazou Gestante)

Além dos sutiãs de sustentação (que a maioria das novas grávidas não conhece), você vai precisar dos sutiãs próprios para amamentar. Prefira aqueles que deixam o seio todo livre e não apenas um buraquinho para o mamilo!!

Leia mais sobre sutiãs de sustentação.


3. Conheça as conchas para seios!


Por falar em amamentação, a maioria das mulheres não sabe que é preciso se preparar para amamentar!

Em Salvador/ BA existe uma consultoria especializada formada por enfermeiras, a Calma, que dá orientações importantes para você preparar seus seios para amamentar. Dentre as orientações está o uso de conchas que ajudam a formação do mamilo. Eu achei imprescindíveis! Mas tem que saber qual o tipo correto para se usar!! Consulte a Calma!

Amamentar não é tão instintivo quanto pensamos, é preciso se preparar! Lembre-se sempre de como é importante o leite materno para o seu bebê!


Confira a história de uma mãe e sua preparação para amamentar!



4. Descanse!


Grávidas precisam descansar! Afinal, o corpo está trabalhando dobrado para desenvolver um bebezinho. Respeite esse momento! Durma bastante, evite stress e economize suas energias. Você precisará de muita quando, finalmente, seu bebê chegar!!



5. Alimente-se regularmente!



Você precisará comer por dois! Sentirá mais fome, porém cuidado com o exagero para não engordar além da conta! Depois não é nada fácil perder os quilinhos extras. Coma regularmente. Faça lanches nos intervalos das grandes refeições. E procure comer alimentos saudáveis para passar muitos nutrientes para seu bebê.

Não descobri se essa história de desejo de grávida é verdade... mas é uma ótima desculpa pra gente comer besteira. Fique ligada!!




6. Desfile seu barrigão!


Continue vaidosa, compre roupas novas e exiba seu barrigão! Gravidez se vive apenas 1 ou 2 vezes. Raramente 3 ou mais! Por isso, aproveite para curtir seu barrigão e desfilar modelitos por aí. Que mulher não gosta, não é?

Não esqueça de providenciar as roupas que usará depois da gravidez, levanto em conta que irá amamentar e que seu corpo pode não voltar tão rápido ao normal.

Relembre o post: "Renovação do guarda-roupa".







7. Prepare com antecedência o enxoval e o quartinho do bebê.



Não deixe para última hora, para não correr riscos nem ficar muito cansada! E lembre-se! A malinha da maternidade deverá ficar pronta desde o oitavo mês!






8. Escolha a babá com antecedência!

Não dá para escolher a babá no nono mês de gestação!! É importante que ela comece a trabalhar antes do bebê nascer. Assim, você pode conhecê-la melhor e receber ajuda para cuidar das coisinhas dele.

Também não é fácil achar uma babá hoje em dia, por isso quanto mais cedo começar a procurar, mais tempo terá!

Se você está nessa fase, confira post de uma grávida e sua procura por uma babá!








9. Faça todas as consultas do pré-natal e os exames solicitados por seu médico.



O acompanhamento da gravidez é importantíssimo para que tudo ocorra tranquilamente. Não deixe de comparecer.








10. Procure fazer exercícios físicos antes mesmo de engravidar!


Normalmente, a mulher que engravida e não estava fazendo atividades físicas deve aguardar até o terceiro mês para se execitar. Caso já esteja fazendo alguma atividade antes de engravidar, poderá dar continuidade, desde que autorizada pelo médico e obedecendo a alguns cuidados, claro!

Confira dicas de atividades físicas na gravidez no site Bebe.com.br.




Curta muito a sua gravidez e, como dizem, tenha uma boa hora!!


domingo, 15 de janeiro de 2012

Renovação do guarda-roupa



Um dos sonhos de consumo das mulheres é "renovar o guarda-roupa". Esse sonho obrigatoriamente torna-se real quando engravidamos. Sim, porque em pouco tempo as roupas não cabem mais e precisamos, além de ficar confortáveis, exibir a crescente barriguinha.

Aí começam as compras: batinhas, blusas soltinhas ou com elástico embaixo do peito, calças, shorts ou saias com elástico na cintura, vestidos soltinhos, etc.



Para quem ainda não sabe, grandes magazines, como a Riachuelo (que tem a marca Anne Kanner), possuem seção exclusiva para gestantes, com algumas opções de vestuário com preços mais em conta. Existem também algumas outras marcas exclusivas para as gravidinhas, como a Maternalle, em Salvador, a Zazou, em São Paulo, e outras. É também possível encontrar roupas para gestantes em lojas de artigos para bebês. Também é possível aproveitar peças da coleção de lojas femininas comuns, basta procurar! O importante é sentir-se confortável e linda, desfilando o barrigão por aí! Passa tão rápido...

Mas sabe uma coisa que ninguém pensa?? No pós-gravidez!! Você já pensou que vai voltar para casa provavelmente com alguns quilinhos a mais, peitos avantajados e uma barriguinha que insiste em não voltar para o lugar? Junte isso à rotina frequente de amamentação, que exige uma roupa com abertura através de botões ou zíper ou alças fáceis de baixar.



Complicou?? Pois inclua essa tarefa na sua listinha antes do parto! Normalmente nos lembramos apenas das camisolas e pijamas, mas as roupinhas para "ficar dentro de casa" (como diria minha irmã!) ou até para umas saidinhas serão necessárias! Primeiro, separe o que você já tem e pode servir. Se for possível, peça emprestado a amigas que engravidaram antes de você (e não esqueça de devolver depois!). E, por fim, compre algumas peças novas, confortáveis e bonitas! Nada como roupas novas para uma mulher! Sem dúvida, roupas novas ajudam a se sentir melhor!

************************************************************************************
Eu bem queria ter recebido esta dica antes de engravidar. Sabem o que aconteceu comigo? Quando cheguei em casa com meu primeiro filho, não imaginava o quanto eu tinha engordado. E para piorar, as roupas tinham que permitir a amamentação. Resultado: eu não tinha uma roupa para usar! Tinha os pijamas e camisolas da gestação, que servem também para o período de amamentação, e mais nada! Peguei uma blusa de botão no armário do meu marido. Entrei em desespero! Quem me salvou foi minha super amiga e comadre (que esteve do meu lado dia e noite neste período) e que foi ao shopping para mim e voltou cheia de sacolas! Tudo tamanho GG (contando ninguém acredita porque sempre fui - e, enfim, 5 anos depois, estou voltando a ser - magrinha).
************************************************************************************
Haja investimento para renovar o guarda-roupa! Mas em uma época com tantas mudanças, nada fáceis para as mulheres, vale a pena investir em você!






Modelo Zazou: http://www.zazou.com.br 
Peça-chave que toda grávida tem que ter: calça jeans própria para gestante (ou com elástico na cintura ou com ajuste interno - eu prefiro com elástico). Mesmo que você ache cara, lembre que vai usar demais durante uns 6 meses (quando a barriga começar a aparecer). Depois você guarda para a segunda gravidez! E depois você "doa" ou empresta à próxima parente ou amiga que engravidar! Participe da "corrente" para ajudar uma grávida a economizar!!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Benditas sejam as grávidas!



Ficar grávida é uma dádiva. Conceber uma vida, gerar um ser dentro de si. É lindo, é emocionante, é uma sensação maravilhosa e abençoada.

Apesar de todas essas sensações maravilhosas, gerar uma vida também gera enjoos, cansaços, mal estar, tonturas, pés inchados, dores de coluna, etc. Então, não só por merecimento, mas também por necessidade, as grávidas brasileiras* foram contempladas com uma lei que lhes dá prioridade de atedimento em filas. Justo!

Mas, tão bom quanto ter esse direito, é a gente receber o carinho das pessoas que nem conhecemos. Não sei se vocês tiveram essa mesma sensação, mas eu me sentia "famosa" de barrigão! As pessoas passavam por mim sorrindo, faziam gentilezas, me cumprimentavam, procuravam conversa, cediam lugar, ajudavam... Quanta emoção!! Eu realmente ficava emocionada em perceber que um bebê que nem havia nascido já havia trazido mais amor e compreensão a este mundo!

Benditas sejam as grávidas! Benditas sejam feitas as suas vontades!!



Aproveitem para caprichar no visual e abusar das roupas que destacam a barriga! 

Confiram post do Blog Karing and Sharing sobre o dilema do uso da fila preferencial para gestantes!!


*Em países como nos Estados Unidos e Alemanha não existe fila preferencial. Certamente porque não há filas!

domingo, 8 de janeiro de 2012

Ah! Se ele fosse um peixinho...



Se seu filho ainda não sabe nadar nem está aprendendo, o que você está fazendo aí parada? Vá logo matriculá-lo em uma aula de natação, pois essa é numa das coisas mais importantes que você pode fazer por ele.

Diferentemente de algumas décadas atrás, hoje tem piscina em toda esquina. Por mais cuidadosa e protetora que você seja, uma pequena distração pode colocá-lo em risco. E, infelizmente, acidentes em piscinas são mais comuns do que a gente fica sabendo.

Portanto, sem querer assustar, mas já assustando... agende para amanhã a aulinha experimental e comece para valer!

Não se dê desculpas:
- "Não tenho tempo"
- "Não tenho dinheiro"
- "Não gosto de entrar na água"*
- "Não estou em forma" (essa era a minha!)

Não prorrogue!
- "Quando eu entrar de férias..."
- "Quando parar de chover..."
- "Quando acabar o verão..."
- "Mês que vem..."
- "Ano que vem..."


Chega e desculpas! Priorize o que é realmente importante. Hoje, mais do que nunca, crianças e bebês têm que saber nadar! Quanto mais cedo, melhor! Ele estará mais seguro. Prepare seu peixinho!!

...Mas a piscina não é o único perigo de afogamento! Apenas 3 dedos de água são suficientes para afogar um bebê, por exemplo. Assista ao vídeo abaixo e fique muito ligada!



INFORMAÇÕES IMPORTANTES DA ONG CRIANÇA SEGURA
No Brasil, afogamentos são a segunda causa de morte e a oitava de hospitalização, entre os acidentes, na faixa etária de 1 a 14 anos.


"Boa parte das crianças que se afogam em piscinas está em casa sob o cuidado dos responsáveis. Um mero descuido basta para que um afogamento ocorra".

Conheça o site CRIANÇA SEGURA e confira as dicas de prevenção!


*Normalmente com os bebês a mãe tem que entrar junto na piscina!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Um mundo melhor



É isso que todos nós queremos. Mas é isso que todos nós fazemos?

Um mundo melhor depende de pessoas melhores. Um mundo melhor depende da nossa atitude, de mudança de comportamento. Depende de aprendermos a respeitar os outros, a ser mais generosos e solícitos, a ter atitudes positivas, a ser mais éticos e responsáveis.

Há pouco tempo, recebi um e-mail que anda circulando por aí (e a essa altura já virou anônimo). Não sou de ler essas coisas, mas quando comecei a ler, logo me identifiquei. Sempre fui taxada de "certinha" e em determinado momento comecei a achar que era a "erradinha", porque era "certa" demais. Mas hoje sei que esse pensamento é equivocado e prefiro ficar com meus princípios. Quem é certinho é tido como bobo, careta e, no trabalho, caxias! Quem não é, é tido como "esperto". Mas por que é errado ser correto?? Porque os valores na nossa sociedade estão completamente invertidos! E é nesse mundo que nossos filhos estão crescendo.

Na porta da escola, tem uma mãe que só chega na contramão! Salta do carro com sua filhinha como se nada estivesse errado e como se a rua fosse só dela! No teatro e outros eventos, o comportamento dos pais é nota zero! Guardam lugares, ficam na frente dos outros, incomodam para tirar fotos. Nas escolas, os pais estão omissos e querem que os professores sejam babás também! No trânsito, não são corteses, não dão passagem a pedestres nem a outros carros. Nos estacionamentos, param em vagas de idosos e deficientes, sem a menor preocupação. Nos parques, furam fila!

imagem que circula nas redes sociais

Vamos fazer um mundo melhor, começando cada um por si e pelos seus filhos!!



Leiam a mensagem que está circulando na internet e reflitam! Sem querer e sem pensar, algumas vezes, nós fazemos coisas erradas. E o pior: sem nos dar conta de que são erradas!! Vejam a lista! Sempre é tempo de melhorar! Vamos fazer nossa parte e dar exemplo às nossas crianças!


"Tá Reclamando do Lula? do Serra? da Dilma? do FHC? do Arrruda? do Sarney? do Collor? do Renan? do Palocci? do Delubio? da Roseane Sarney? Dos politicos distritais de Brasilia? do Jucá? do Kassab? do Alkmin?, dos Bonrauhse?, dos Maia?, do Alfredo? do ACM?, do Roriz?, etc e dos mais 300 picaretas do Congresso?
Brasileiro reclama de quê?
O Brasileiro é assim:
A- Coloca nome em trabalho que não fez.
B- Coloca nome de colega que faltou em lista de presença.
C- Paga para alguém fazer seus trabalhos.
1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.
3. - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.
4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura.
5. - Fala no celular enquanto dirige.
6. - Usa o telefone da empresa onde trabalha para ligar para o celular dos amigos (me dá um toque que eu retorno...) - assim o amigo não gasta nada.
7. - Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.
8. - Para em filas duplas, triplas, em frente às escolas.
9. - Viola a lei do silêncio.
10. - Dirige após consumir bebida alcoólica.
11. - Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.
12. - Espalha churrasqueira, mesas, nas calçadas.
13. - Pega atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho.
14. - Faz "gato" de luz, de água e de tv a cabo.
15. - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.
16. - Compra recibo para abater na declaração de renda para pagar menos imposto.
17. - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.
18. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10, pede nota fiscal de 20.
19. - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.
20. - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.
21. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se
fosse pouco rodado.
22. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.
23. - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.
24. - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.
25. - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.
26. - Frequenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.
27. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos, como clipes, envelopes, canetas, lápis... como se isso não fosse roubo.
28. - Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.
29. - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.
30. - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.
31. - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.
E quer que os políticos sejam honestos....
Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo, ou não?
Brasileiro reclama de quê, afinal?
E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!
Vamos dar o bom exemplo!
Espalhe essa idéia!"




Heal The World (Cure o Mundo) - Michal Jackson






Heal The World
''Think about the generations and they say:
- We want to make it a better place
For our children
And our children's children
So that they know
It's a better world for them
And think if they can
Make it a better place?"


Cure o Mundo
"Pense sobre as gerações e elas dizem:
Nós queremos fazer deste mundo um lugar melhor
Para nossos filhos
E para os filhos dos nossos filhos.
Para que eles vejam
Que este é um mundo melhor para eles
E saibam que podem
fazer deste um lugar ainda melhor".

domingo, 1 de janeiro de 2012

Votos para 2012!


Ano novo. Renovam-se as esperanças, reforçam-se os desejos, recriam-se os sonhos.

Quem é mãe já teve seu maior desejo realizado. E temos muito a agradecer. O que mais poderíamos querer? Saúde. Muita saúde para nossos filhos e para nós podermos vê-los crescer. Paz. Paz nesse mundo de violência. Paz e segurança para nossas crianças.

Queremos um mundo melhor com pessoas melhores. E uma parte disso depende de nós. Respeito, generosidade e cortesia são algumas qualidades que eu destacaria e que estão em falta no mundo de hoje. E sempre é tempo de desenvolver essas qualidades e sermos exemplos para nossos filhos.

Desejo também para este ano que os pais sejam mais pacientes com seus filhos e que tentem ouví-los mais e entendê-los mais.
Desejo que os pais estejam mais presentes e cuidem pessoalmente das suas crianças.
Que não cansem de ensinar bons costumes a seus filhos.
Que se preocupem com o futuro deles e cuidem da sua saúde preventivamente.
Que dêem bons exemplos para seus filhos.
Que os ensinem a valorizar a família.
Que os ensinem a valorizar as amizades.
Que os protejam de todo o mal.
Que aproveitem muito a vida juntos.
Que os ensinem a cuidar da natureza e do nosso planeta.
Que permitam que eles brinquem muito e curtam a infância.
Que sejam sempre solidários, doando o que têm em excesso!
Que eduquem com amor, firmeza e limites, sem usar violência.


Então, vamos renovar as esperanças, reforçar nossos desejos e recriar nossos sonhos por um ano melhor, com muita saúde para nossas famílias e amigos, com menos violência e com muito amor!

Saúde, paz e amor! São os meus votos para 2012!